terça-feira, 31 de maio de 2011

Curso para formação de professores oferecido pelo MEC tem baixa procura

Curso para formação de professores oferecido pelo MEC tem baixa procura

Agência Brasil
Tamanho do texto A A A
BRASÍLIA – O Ministério da Educação (MEC) estuda prorrogar o prazo para que professores da rede pública possam se inscrever em cursos de formação continuada oferecidos pelo governo federal em parceria com instituições públicas de ensino superior. O prazo termina domingo (29), mas até quinta-feira (26) apenas 11% das 86 mil vagas ofertadas tinham sido solicitadas.
Lançado em 2009, o Plano Nacional de Formação de Professores tem como objetivo capacitar docentes que não têm a formação mínima exigida por lei – ou não fizeram o ensino superior ou cursaram graduação em áreas diferentes daquela que lecionam. Para os que já concluíram essa etapa, são ofertadas vagas em cursos de capacitação ou atualização – presenciais, semipresenciais ou a distância – em universidades públicas. Mas a demanda está aquém do que foi planejado pelo ministério.
- No caso da formação continuada, há um componente diferente porque o professor não sabe que curso fazer, a multiplicidade de cursos é muito grande e às vezes isso acaba sendo um entrave porque o professor não localiza o que gostaria de fazer - acredita Helena de Freitas, assessora da Secretaria de Educação Básica do MEC.
A inscrição do professor deve ser feita pelo diretor da escola com base em um levantamento de qual é a demanda por formação daquela equipe. A lista dos cursos disponíveis, com informações sobre a duração e o conteúdo de cada um deles, está disponível na Plataforma Freire. É lá que o diretor da escola fará a inscrição de seus profissionais que deverão, posteriormente, confirmar o interesse em participar do curso.
No Amazonas e Distrito Federal, menos de 1% das vagas disponibilizadas tinham sido solicitadas pelas escolas até quinta-feira. Pernambuco Rio de Janeiro e Roraima também apresentavam percentuais inferiores a 3%. Sobram oportunidades em todos os estados: a maior procura está em São Paulo, onde 45% das vagas foram solicitadas pelas escolas.
Segundo Helena de Freitas, o ministério estuda se fará algumas mudanças na oferta. É preciso, em diálogo com os municípios, identificar se os cursos estão em sintonia com aquilo que a rede precisa e se os temas são de interesse do professor. As capacitações são variadas: há formação em áreas de conhecimento específicas, como história e geografia, ou em temas mais amplos como direitos humanos e educação ambiental.
- Estamos avaliando o que leva o professor a não procurar a formação continuada, pode ser que muitos estados já trabalhem com ações semelhantes. São muitas variáveis que estão interferindo, não acho que haja desinteresse, mas pode ser que não haja motivação do professor em relação a esses cursos - afirma.
Outro fator que pode explicar a baixa procura é a carga horária do professor: o MEC incentiva que a Secretaria de Educação flexibilize os horários dos profissionais para que eles possam frequentar os cursos.
- É importante consolidar o sistema de formação, mas dentro de uma carreira. Enquanto o professor não tiver um plano de carreira, ele não vai ver uma perspectiva de desenvolvimento ao fazer um curso como esse. Ele pensa se vai abrir mão ou não do fim de semana para fazer essa capacitação - aponta Helena.
Diretores e professores interessados nos cursos oferecidos devem acessar a Plataforma Freire para fazer a inscrição, que depois será validada pela Secretaria de Educação à qual estão vinculados.

MEC deixa o Rio de Janeiro - JOGADA POLÍTICA -


MEC deixa o Rio de Janeiro

Ministério põe fim à sua representação na cidade e remaneja os 108 funcionários

POR ALINE SALGADO
Rio - O Ministério da Educação vai sair do Rio de Janeiro. A representação do órgão federal, Remec, que funcionava em três andares do Palácio Gustavo Capanema, no Centro, será extinta. Seus 108 funcionários serão remanejados para outras instituições federais da cidade a partir de amanhã.

Segundo o ministério, a decisão foi tomada porque houve o entendimento de que a base em Brasília é suficiente e pode centralizar os trabalhos. Assim, também terá fim a representação em São Paulo, reduzindo os custos do ministério. O MEC garante que a mudança não trará prejuízo para a Educação no Rio no que compete à esfera federal.

Mas a medida gerou críticas entre educadores. Para a ex-secretária municipal de Educação Regina Assis, a decisão evidencia a desvalorização da educação pública. “Para onde vai o dinheiro que querem economizar? É para aumentar o salário dos professores? Vão otimizar meios de comunicação para compensar a ausência? A representação agilizava processos, supervisionava políticas públicas, ajudava no repasse de verbas, na organização de eventos”, lista Regina.
Palácio Gustavo Capanema, que abriga hoje a Representação, é símbolo modernista do Rio de Janeiro | Foto: Deisi Rezende / Agência O Dia
Para a professora da Faculdade de Educação da Uerj Miriam Paura, o prédio no Rio era complemento necessário: “Nem sempre tenho condição de ir a Brasília resolver coisas. Aqui, já me ajudaram muito com dados para pesquisas”.
A representação coordenava e desenvolvia projetos educacionais em parceria com estado, município e ONGs, abrigava setor de supervisão das universidades federais, arquivo, era responsável pelo recadastramento de inativos e pensionistas, plano de saúde e recursos humanos de ativos.

Os governos municipal e federal preferiram não polemizar. Secretaria Estadual de Educação afirma em nota que manterá a “ótima relação com o MEC”. A Secretaria Municipal não quis se pronunciar.

Ainda não há destino certo para os andares do prédio que ficarão vazios. Segundo o MEC, o projeto debatido no início do ano era de que as dependências do 14º, 15º e 16º andares fossem ocupadas pelo Ministério dos Esportes, em função da Copa de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. Porém a ideia foi descartada.

Outra possibilidade é a manutenção de parte da equipe nos andares, mas o MEC não soube informar quantos funcionários seriam aproveitados nem para que atividades.

Funcionários vivem clima de insegurança

Ainda não há data para a divulgação da portaria que vai oficializar o fim da representação, mas tudo indica que será em breve. Na repartição, o clima é de insegurança: os funcionários têm até amanhã para pedir a transferência para outros órgãos federais.

A reduzida lista de locais disponíveis é uma barreira. Segundo comunicado interno repassado aos funcionários e a que O DIA teve acesso com exclusividade, há três possibilidades de transferência: Advocacia Geral da União, Defensoria Pública e Superintendência de Patrimônio da União. Quem não fizer a escolha até amanhã terá o posto definido pelo MEC, que comunicará a decisão por telegrama.

Patrimônio cultural do País

Construído em 1945, o Palácio Gustavo Capanema foi criado para abrigar o Ministério da Educação e Cultura na era Vargas. As linhas modernistas foram desenhadas por Lúcio Costa, Oscar Niemeyer e o francês Le Corbusier. Lá há um jardim suspenso de Burle Max e os painéis em azulejos de Cândido Portinari.

Semana passada, o Ministério da Cultura liberou R$ 6,6 milhões para restaurar o palácio. O prédio, considerado o primeiro grande edifício modernista do mundo, sofre com falta de manutenção elétrica, hidráulica, nos elevadores e nas obras de arte.

FONTE: http://odia.terra.com.br/portal/educacao/html/2011/5/mec_deixa_o_rio_de_janeiro_164548.html

segunda-feira, 30 de maio de 2011

CONVOCAÇÃO ESTADO RJ

HOJE ESTÃO TOMANDO POSSE OS CONVOCADOS DO ESTADO PELO CONTRATO TEMPORÁRIO EM DIVERSAS DISCIPLINAS.

Sepe não fará paralisação das redes nesta terça-feira (dia 31 de maio)

Sepe não fará paralisação das redes nesta terça-feira (dia 31 de maio)


O Sepe informa aos profissionais das redes estadual e municipais do Rio de Janeiro que não está convocando uma paralisação para o dia 31 de maio. Esclarecemos que os foruns adequados para a convcocação de paralisação ou demais mobilizações dos profissionais de educação filiados são as assembléias ou foruns especialmente convocados em casos de necessidade. Como nenhuma destas instâncias levou à votação uma proposta de paralisação para esta terça-feira, dia 31 de maio, o sindicato não está convocando nenhuma das redes para que estas paralisem nesta terça. Deste modo, ficam valendo os calendários de mobilização definidos pelas assembléias gerais das redes estadual e municipais.



Sindicato apóia "twittaço" nesta terça, às 20h


Como a rede estadual está em estado de greve e fará uma paralisação no dia 7 de junho, quando a categoria votará um indicativo de greve por tempo indeterminado para decidir se vai deflagrar a greve ou não a partir deste dia, a direção do sindicato avaliou que não seria possível a incorporação das redes ao movimento expontâneo que cresceu pela internet nos útlimos dias. No entanto, estamos apoiando o protesto via twitter (twittaço) convocado para o dia 31 de maio, às 20h, reivindicando 10% do PIB nacional para o setor da educação (dezporcentodopibparaaeducacaojá).

A idéia de que os profissionais utilizem as redes sociais (twitter, facebook e demais meios) para exigir que o governoi invista 10% doPIB no setor da educação é um dos resultados da mobilização que está sendo realizada pela internet, a partir da fala da professora Amanda Gurgel durante a audiência pública na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte. A proposta, encampada pela professora durante seu discurso no Congresso do Sepe, é a de que, nesta terça (dia 31 de maio), a partir das 20h, as redes sociais sejam utilizadas para a reivindicação dos 10% do PIB na educação.

Fechamento de escolas estaduais: Sepe vai encaminhar denúncia à Comissão de Educação da Alerj pelo fechamento de vagas

Fechamento de escolas estaduais: Sepe vai encaminhar denúncia à Comissão de Educação da Alerj pelo fechamento de vagas


No final da semana passada, o Sepe recebeu várias denúncias sobre o fechamento de escolas estaduais que funcionam no horário noturno na área da Metropolitana X, na Tijuca. Segundo o informe de profissionais de diversas unidades, como:CE FRANCISCO CABRITA, EEES GEORGE SUMMER,CE JOSE PEDRO VARELLA,EEES GENERAL EUCLIDES DE FIGUEIREDO,CE EQUADOR,CE PROF MARIA TEREZINHA DE CARVALHO e CE CELESTINO DA SILVA, todas situadas na área da Grande Tijuca que seriam fechadas e teriam seus alunos transferidos para outras unidades. Também recebemos a informação de que o mesmo ocorreria com unidades da área da Metropolitana III.


Ditante destes fatos, o Sepe está encaminhando uma denúncia para a comissão de educação da alerj. Também estamos estudando a possibilidade de entrar com uma denúncia contra o governo do estado no ministério público pelo fechamento de vagas. O sindicato defende que, ao invés de promover o fechamento das unidades e transferir os alunos para outras, fato que provoca a superlotação das turmas, a SEEDUC abra mais vagas, ampliando assim a oferta e não prejudique os alunos e profissionais das escolas que estão sendo fechadas de forma arbitrária.

domingo, 29 de maio de 2011

ENDEREÇO DAS ESCOLAS E CRECHES DO MUNICÍPIO DO RJ

ELIANE, CONFORME SEU PEDIDO SEGUE O LINK:


LINK: http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?article-id=96302

SME - Secretaria Municipal de Educação
Listas das Escolas/Creches


Localização das escolas e creches do município da cidade do Rio de Janeiro por bairro e nome. Além disso, está disponível, por bairro e nome,  a busca das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) e dos programas oferecidos na rede, que são eles: Clubes Escolares; Pólos de Educação pelo Trabalho e Núcleos de Arte.


SER PROFESSOR

SER PROFESSOR



* Dedicado a todos os Professores

Gosto de ser Professora.
Apesar de tudo,
Apesar de todos foi a profissão que escolhi e que me orgulho de ter.
Gosto de ensinar e aprender e
É neste devir constante, nesta relação permanente, que está a magia desta profissão (que tem vindo ser tão desrespeitada pela sociedade em geral e pelos governos em particular).
E continuo a sorrir, a cada dia que chega, a cada semana que torna a cada ano que (nunca) se repete, apesar do cansaço e do stress que vão ficando acumulados com o tempo que vai passando.
As razões deste Sorrir?
São três.
A Primeira;
A Única;
E Última, são os alunos.
Os meus alunos.
Sois, definitivamente, a razão do meu sorrir!!!

Ser Professor é um desafio.
À vontade e à motivação.

Ser Professor é acreditar.
Na força dos jovens e nas suas capacidades.

Ser Professor é querer.
Ajudar na formação e educação dos jovens de Hoje mas Homens de Amanhã.

Ser Professor é ser amigo.
Que ajuda incondicionalmente mas que critica construtivamente quando há erro.

Ser Professor é ser bombeiro.
Do fogo cruzado dos afectos e das emoções que Todos condiciona sem excepção.

Ser Professor é ouvir.
O silêncio de um olhar,
O barulho de uma lágrima,
A alegria de um sorriso ou
O calor de um abraço.

Ser Professor é observar.
Perscrutar atitudes,
Ler nas entrelinhas,
Olhar e ver para além do que os olhos alcançam.

Ser Professor é estar.
Disponível para um sorriso e
Estendendo a mão e dizer “estou aqui”;

Ser Professor é construir e reconstruir.
Construir alicerces para a vida e reconstruir os caminhos perdidos.

Ser Professor é Ser.
Apenas isso.
É o que tento.
Todos os dias.
Um de cada vez.
Ensinando e aprendendo;
Sorrindo;
Desafiando;
Acreditando;
Querendo;
Dando a mão;
Apagando fogos;
Ouvindo;
Abraçando;
Observando;
Estando;
Construindo e reconstruindo;
Sendo.
Eu própria.

Sempre!!!!
http://sarrabeca.blog.com
Ler mais: http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=13370#ixzz1DPWZc8o9

BANCO DO BRASIL - RJ - INSCRIÇÕES ABERTAS - ALÔ PROFESSORES - ESCRITURÁRIO =

Banco do Brasil S.A.
Seleção Externa 2011/003 - (51 cidades de aplicação no Norte, Sul e Sudeste - Estados do Amazonas, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina

LINK: 

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ 13.06.2011

VALOR R$ 40,00

sábado, 28 de maio de 2011

CARTILHA GAY NAS ESCOLAS É PIADA!!! 3 MILHÕES!!! É NOSSO DINHEIRO!!!PÚBLICO JOGADO FORA..

CARTILHA GAY NAS ESCOLAS É PIADA!!! 3 MILHÕES!!! É NOSSO DINHEIRO!!!PÚBLICO JOGADO FORA..

E PROFESSOR DO ESTADO RJ GANHADO R$ 600,00...


MATERIA DO R7 EXIBIDO NESTE DOMINGO.

FONTE: http://noticias.r7.com/videos/comentario-de-ex-secretario-do-mec-sobre-kit-gay-causa-indignacao/idmedia/f61371d6bf04dc4fbc608efcc81b4cc1.html

Bomba!Brasil conhece Kit Gay no Domingo Espetacular da Record.

Estarrercidos!Essa é a palavra mais do que adequada para expressar o sentimento de boa parte da população  brasileira ontem, 22 de maio de 2011, ao assistir no Jornal da Record  matéria sobre o chamado Kit Gay que seria distribuidor pelo MEC nas escolas públicas brasileiras.


Conforme poderão verificar, segundo a reportagem "os filmes foram patrocinados pelo Ministério da Educação para a campanha escola sem homofobia, eles fazem parte do que vem sendo chamado KIT GAY e seriam distribuídos em 6 mil escolas em todo o país".Antes de ser transformado em material educativo, os vídeos apareceram na internet.

Na realidade para nós, o Deputado Jair Bolsonaro conforme podem verificar neste vídeo, já se manifestara bem antes desta reportagem, no princípio de 2011, cremos que os meios de comunicação já tinham conhecimento, porém por pressão da população que passa a conhecer e denunciar não só o KIT GAY, mas o PL 122, eles agora se manifestam.


No vídeo, você poderá verificar, além de muitas aberrações não aceitas pela maioria da população e familia brasileira, algo que você nunca terá ou verá na história deste país na qual um certo cidadão chamado André Lázaro quando era Secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, em um seminário na Câmara do Deputados solta uma pérola:

"Uma dificuldade era que em um dos materiais do filme tinha um beijo lésbico na boca e agente ficou 3 meses discutindo até onde entrava a língua".

Bom, essas são somente algumas polêmicas questões que encontraremos por aqui, veja por você mesmo e tire suas conclusões.


Da redação Portal Cristão News
Paulo César Cândido

FONTE: http://portalcristaonews.blogspot.com/2011/05/bombabrasil-conhece-kit-gay-no-domingo.html

Pais de alunos de escola atacada em Realengo pedem mais segurança


28/05/2011 16h08 - Atualizado em 28/05/2011 16h08



Pais de alunos de escola atacada em 






Realengo pedem mais segurança







Famílias criaram associação para fazer pedidos ao prefeito Eduardo Paes.
Doze crianças morreram em ataque à escola na Zona Oeste do Rio.

Do RJTV
Pais de alunos vítimas da tragédia na Escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, Zona Oeste do Rio, querem uma reunião com o prefeito do Rio, Eduardo Paes. Eles se encontraram neste sábado (28) para conversar sobre o que as crianças precisam.
No dia 7 de abril, um ex-aluno, Wellington de Oliveira entrou na escola armado, fez vários disparos e matou doze estudantes. Depois de ser atingido por um tiro de um policial, Wellington se matou.
As famílias dos estudantes organizaram uma associação de parentes e amigos dos "Anjos de Realengo" para discutir o futuro e amparar uns aos outros. A primeira reunião do grupo aconteceu na casa da avó de Luiza, uma das vítimas do massacre.
“Muita gente fala que já vai fazer dois meses, mas para a gente foi como se fosse ontem. Parece que foi ontem que perdemos a vida dos nossos filhos. Não só a vida dos nossos filhos que se foi. Foi também a nossa alegria. Nós ficamos com o mundo sem cor, sem chão para pisar. Foi a nossa paz junto, foi a saúde, e as nossas noites de sono”, disse Adriana, mãe de Luiza.
Durante a reunião, os pais se emocionaram várias vezes. Robson Athanasio, pai da menina Larissa, foi um deles. Ele não conteve as lágrimas ao relembrar da filha.
“Minha filha dormia com a minha mãe. Minha mãe vira para o lado, e vai botar a mão, e não vê mas ela ali", desabafa Robson.
Dificuldade na volta às aulas
O estudante Carlos Matheus foi uma das crianças feridas. A mãe dele, Carla Vilhena, conta que o filho está com dificuldade para retornar às aulas.
“Ele voltou na segunda-feira agora, mas só foi à aula por dois dias, depois não quis mais ir. Ele está se sentindo um pouco mal, cada dia que ele acorda, ele fala uma coisa. Ele me disse que não quer ir mais à escola porque não tem mais quase ninguém da turma dele. Ele diz que está sem os colegas, e que a escola está chata  sem eles", falou a mãe.
Segurança na escola
Uma das reivindicações dos pais é por mais segurança na escola. Eles dizem que nem sempre a Guarda Municipal está na frente do prédio. O reforço na segurança era uma das promessas feitas pelo poder público depois da tragédia. Durante a manhã, uma carro da Guarda Municipal estava na porta da escola.
Perla é tia de Brenda, a gêmea que sobreviveu ao tiroteio. A menina faz fisioterapia no Instittuto Nacional de Traumato-ortopedia (Into) e não tem ajuda com o transporte.
“A Brenda levou vários tiros de raspão nas costas, nas mãos, e está com os dedos atrofiados. Está com uma bala localizada na cabeça e precisa do transporte para fazer a fisioterapia e a terapia ocupacional no Into. O Into abraçou ela, só que o transporte sai do nosso bolso”, diz Perla.
Reunião com prefeito
O grupo diz ter marcado uma reunião com o prefeito Eduardo Paes na sexta-feira (27), mas ele não teria comparecido.
“Para o prefeito só tenho a dizer que nós gostaríamos de olhá-lo, olho no olho, ouvi o que ele tem a nos dizer, e que ele nos ouvisse”, fala Adriana. “Depois de um mês, nós estamos esquecidos. Nossos filhos estão esquecidos", argumenta Perla.
Segundo a Secretaria municipal de Educação, a reunião com o prefeito Eduardo Paes teve que ser adiada por problema de agenda. No entanto, a secretaria afirmou que os pais das vítimas serão recebidos pelo prefeito na próxima semana.
A secretaria também esclareceu que a Guarda Municipal mantém um agente baseado e outro em apoio, na Escola municipal Tasso da Silveira, em Realengo, todos os dias. Ainda segundo a secretaria, vai ser estudada uma forma de viabilizar o transporte e a alimentação para as vítimas em tratamento no Instituto de Traumato-ortopedia.

O que leremos na globo.com em 2030


cid:image001.jpg@01CC1A1C.62B83E70 cid:image002.jpg@01CC1A1C.62B83E70
 

Poof !!!

Um homem estava farto e cansado de todos os dias sair para trabalhar enquanto a mulher ficava em casa.
Com alguma inveja e surpresa reparou que a esposa recebeu no Dia das Mulheres uma série de cumprimentos.
Ele bem que gostaria que ela soubesse o que é que ele passava a trabalhar, e então rezou fervorosamente : 
 « Senhor Deus: Todos os dias vou trabalhar durante 8 horas e a minha mulher, simplesmente, fica em casa. 
Eu gostava que ela soubesse o que eu passo. 
Assim, por favor, faça uma troca dos nossos corpos por um dia só. Amém! »   

Poof !!!  

Deus na sua infinita bondade e sabedoria, satisfez o pedido do homem.  
Na manhã seguinte, o homem acordou como mulher. 
E levantou-se  
Preparou o café da manhã para o marido, acordou as crianças   
Vestiu-lhes as roupas da escola, deu-lhe de comer o café da manhã,  
Meteu nas mochilas as suas merendas, levou-os à escola.   
Foi a compras e passou pelo Banco para fazer um depósito,  
Fez o pagamento das contas e o balancete na caderneta de cheques  
Limpa a caixa do gato e dá banho ao cachorro. 
Já é quase 1H00 da tarde  
Rapidamente faz as camas…  
… lava a roupa … 
…aspira a casa e lava o banheiro e a cozinha … 
… Corre para a escola para pegar as crianças com quem fala dos estudos pelo caminho… 
Arranja-lhes leite e doces e almoço… 
… dá-lhes atenção para fazerem os trabalhos de casa. Logo a seguir … 
… vai passar as roupas, enquanto, esporadicamente, assiste a TV .  Já são 4:30 da tarde  
…(’ele’) começa a descascar as batatas e a lavar os vegetais para a salada…  
…enrola bolinhas de carne e prepara os feijões para a sopa…  
Limpa a cozinha e prepara a máquina de lavar louça… 
Arruma a roupa, dá banho nas crianças e mete-as na cama. Já são 9:00 da noite  
‘Ele’ (feito ela) está exausta e pensou que o seu trabalho doméstico já tinha acabado.Foi para a cama quando o ’marido’ aparece desejando fazer amor… 
Ela lá arranjou meios de o satisfazer, sem se queixar.  
Na manhã seguinte mal acordou, 
saltou da cama, ajoelhou-se e rezou com fervor:  
« Senhor, nem sei o que é que me passou pela cabeça. 
Eu estava tão errado de invejar a minha mulher por ficar em casa todo o dia. 
Por favor, Oh! Oh! Por favor destroca de novo os nossos corpos. Amém »  
E o Senhor na sua infinita bondade e sabedoria, replicou :  
« Meu filho, vejo e sinto que aprendeste bem a lição e ficarei feliz em colocar as coisas como eram dantes. 
Só que terás de esperar apenas NOVE MESES. 
É que tu engravidaste a noite passada! 
********** 
Manda esta a todas as tuas amigas para darem uma boa gargalhada … e para os homens que têm jogo de cintura !!!

Rede Estadual em estado de greve

Rede Estadual em estado de greve
Categoria vai boicotar Conexão Educação e o Saerj, paralisação de 24 horas no dia 7 de Junho.
 
Assembléia do dia 5 de maio deliberou por boicote ao Conexão Educação e não aplicação do Saerj Na assembléia da rede estadual, realizada no dia 5 de maio, na ABI, os profissionais da educação deliberaram por decretar estado de greve, com indicativo de greve a ser votado no dia 7 de junho, quando a categoria fará nova paralisação de 24 horas e uma assembléia que decidirá se entraremos ou não em greve por tempo indeterminado. Veja o que foi deliberado na assembléia da rede estadual do dia 5 de maio na ABI: Estado de greve; Paralisação de 24h no dia 07 de junho com assembléia geral da rede às 14h no Salão Nobre do Club Municipal (Rua Haddock Lobo, 359 – Tijuca); Conselho deliberativo no dia 07 de junho a partir de 09h no auditório do SEPE/RJ; Boicote ao conexão através do não lançamento de notas; Posicionamento contrário do SEPE em relação ao SAERJ e produção de materiais com orientação de não aplicação desta avaliação; Comando de mobilização na rede: direção do SEPE/RJ, núcleos e regionais, acrescida dos profissionais que se dispuseram na assembléia; Indicativo que as escolas organizem reunião com os pais;
Calendário complementar:
11 de maio - audiência com o Secretário Estadual de Educação - Wilson Risolia, o Secretário de Estado de Planejamento e Gestão - Sérgio Ruy Barbosa Martins e alguns deputados estaduais, às 14h no gabinete da Secretaria de Estado de Educação;
18 de maio - audiência pública na ALERJ apartir de 10h da manhã - prestação de contas da SEEDUC com a presença do Secretário Risolia.

Campanha salarial da rede estadual

Campanha salarial da rede estadual: Governo não apresentou proposta de reajuste na audiência de hoje (dia 11/5) e nova audiência foi remarcada para próxima semana

Nesta quarta-feira (11/05) ocorreu uma audiência entre o governo estadual, representantes dos profissionais da educação e deputados estaduais para discutir a situação salarial dos servidores da educação no estado do Rio.

O SEPE e a UPPES apresentaram as principais reivindicações dos profissionais da educação: reajuste salarial, plano de carreira para os funcionários administrativos e antecipação das parcelas do Nova Escola. Os sindicatos apresentaram diversos dados que comprovam a justiça dos pedidos e a possibilidade do governo em atendê-los.

O Secretário Wilson Risolia (Educação) reconheceu que os salários dos professores e funcionários são baixos, mas argumentou que o governo tem feito um esforço de valorização destes profissionais. O Secretário Sergio Ruy Barbosa (Planejamento) afirmou que o governo não pretende apresentar qualquer proposta de reajuste no primeiro semestre e que a proposta de 26% de reajuste era inviável.

Os Deputados presentes (Comte Bitencourt, Andréa Busatto, Marcelo Freixo e André Correa) argumentaram sobre a necessidade de reajuste e solicitaram que o governo avaliasse a possibilidade de responder às reivindicações da categoria.

Os representantes do SEPE retrucaram afirmando ser impossível esperar mais, por conta da falta de reajustes nos últimos anos, da defasagem salarial dos servidores da educação e da falta de respostas para a questão do plano de carreira dos funcionários, compromisso assumido pelo governo em 2009. Lembramos ainda que a categoria se encontra em Estado de Greve e que uma nova assembléia está marcada para o dia 07 de junho.

Ao final, os secretários se comprometeram a avaliar a situação e marcar uma nova reunião para tratar da questão salarial na próxima semana. Além disso, foram assumidos pelo governo os seguintes compromissos:

- Fomentar uma ampla discussão sobre o Plano de Metas, Conexão Educação, Currículo Mínimo e a Meritocracia, com participação do SEPE, da UPPES e da Comissão de Educação da Alerj.

- Agendar uma reunião entre o departamento jurídico do SEPE e da SEEDUC para encaminhar o pagamento das ações judiciais já ganhas pelo sindicato.

- Encaminhar favoravelmente o abono de ponto para o congresso do SEPE.



Esta audiência foi arrancada pela nossa mobilização. Precisamos aumentar a adesão e a pressão para conquistar o reajuste. Envie e-mails para os deputados (http://www.alerj.rj.gov.br/deputados5.htm) e secretários estaduais, exigindo o reajuste. Discuta na sua escola e participe da assembléia do dia 07 de junho!

sexta-feira, 27 de maio de 2011

ESMOLA DOCENTE!














É óbvio que QUALQUER auxílio para fomentar a cultura do professor é bem-vindo, louvável, admirável.mas com um salário de R$ 765,00 ele não é auxílio cultura, é complementação salarial dos docentes (desclareça-se que NÃO é para tod@s, só para os que estão com turma).

Perguntinha que não quer calar: professor que não está em sala de aula, mas em atividade na escola não é professor? Professor aposentado não é professor?





BLOG DO GIZ:


Esmola docente

 

 

Curso Externo - Capacitação para Professores Programação 2011

Enviado por Vanessa - mande também sua postagem para mpmpellegrino@hotmail.com e sera públicada.

Curso Externo - Capacitação para Professores Programação 2011



O Instituto Benjamin Constant divulga o calendário, para oferta externa do Curso Programas de Informática na Área da Deficiência Visual durante o segundo semestre de 2011.
Clique aqui para maiores detalhes

Clique aqui para maiores informações.






Distribuição de Audiolivros



A Coordenação do Livro Falado está cadastrando Instituições sem fins lucrativos que atendam deficientes visuais para receberem nossos audiolivros.
Clique no link para maiores informações.






O Instituto Benjamin Constant torna público o Edital para a inscrição no Curso de Qualificação de Professores na Área da Deficiência da Visão/2011,
por meio da Portaria nº 39, de 22 de março de 2011.
O curso, de 520 horas / aula, será realizado de 15 de agosto a 30 de novembro de 2011, nas dependências do Instituto Benjamin Constant. Serão 25 vagas para professores e pedagogos.
Outras informações encontram-se no Edital, que contém todas as normas referentes ao Curso, inclusive a documentação exigida para a inscrição.

O período de inscrição é de 28/03 a 14/05/2011, das 8 às 17 horas, no Instituto Benjamin Constant – Divisão de Capacitação de Recursos Humanos - Av. Pasteur, 368 / Urca - Rio de Janeiro / RJ - Cep: 22290-240. - Serão aceitas inscrições por correspondência dos candidatos não residentes no município do Rio de Janeiro.


Clique e faça o download da ficha de pré-inscrição.






Programação de Cursos - 2011


Encontra-se disponível a programação dos cursos do Instituto Benjamin Constant para o ano letivo de 2011.

Leia atentamente as orientações gerais
Programação de cursos do Instituto Benjamin Constant






SUBMISSÃO DE ARTIGOS


A revista Benjamin Constant, em seu 16º ano, convida os pesquisadores na área da deficiência visual a submeterem artigos de cunho científico para publicação.
O periódico é quadrimestral, disponível nas versões impressa e eletrônica, indexado nas fontes: BBE, PORBASE e Latindex e classificado como Qualis B4.
Clique aqui para mais informações e envio dos trabalhos





 ‘O GLOBO’ - obra coletiva da oficina de cerâmica pertencente ao acervo da oficina próprio para exposições em locais públicos.

OFICINA DE CERÂMICA DO INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT


O Departamento de Estudos e Pesquisas Médicas e de Reabilitação do Instituto Benjamin Constant
divulga o trabalho da Oficina de Cerâmica do IBC no site do Instituto, Clique e conheça o IBC-CERÂMICA.





PROJEP/IBC
Eficiência, Trabalho e Cidadania.


Seja você candidato ou empresa, participe do Projeto de Encaminhamento Profissional e faça parte desta equipe!


Clique aqui para maiores detalhes
Clique aqui e acesse a Ficha de Candidatos
Clique aqui e acesse a Ficha de Empresa Empregadora





CURSO SUPERIOR SEQUENCIAL (FAETEC-ISERJ-IBC) CERTIFICADOS


A Divisão de Capacitação de Recursos Humanos (DCRH) informa que os certificados do
Curso Superior Sequencial de Complementação de Estudos com Destinação Coletivo na Área da Deficiência Visual Já estão disponíveis.
Clique aqui para maiores detalhes
        

BICENTENÁRIO DE NASCIMENTO DE LOUIS BRAILLE

Publicado em 30 / 06

Imagem do Busto de Louis Braille, tendo ao fundo o IBC
Neste ano, comemoramos o Bicentenário de Nascimento de Louis Braille.

Nascido em 04 de janeiro de 1809, numa pequena cidade nas cercanias de Paris, Coupvray, Louis Braille, quando contava apenas 03 anos de idade, sofreu um grave acidente na oficina de correeiro de seu pai. Ferindo um dos olhos com uma ferramenta pontiaguda, passou por um rápido processo infeccioso e acabou acometido de cegueira total em ambos os olhos.

Louis Braille, aos 10 anos, é matriculado no Instituto dos Jovens Cegos em Paris e, em 1825, com apenas 16 anos, apresentou a primeira versão do seu código de leitura e escrita para cegos. Concebeu um código de 63 sinais, tomando por base a combinação de 6 pontos, atribuindo-lhes valores simbólicos que seriam usados nas diversas áreas do conhecimento humano: literatura, música, aritmética e geometria.

Criou, assim, nesse ano de 1825, o “Sistema Braille”, que possibilita à pessoa cega o acesso à leitura e escrita; dá à pessoa cega o direito a exercer sua cidadania.

O Instituto Benjamin Constant, primeiro educandário a atender pessoas com deficiência visual na América Latina, presta suas homenagens a essa figura, que faz parte da história, não só do deficiente visual, mas de toda a humanidade.
        

Última Publicação Revista Benjamin Constant

Capa da Edição 48 de abril de 2011

PROGRAMAÇÃO DE CURSOS DO INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT PARA 2011

PROGRAMAÇÃO DE CURSOS DO INSTITUTO BENJAMIN CONSTANT PARA 2011


Acompanhe sempre a página com a programação de cursos.
Novos detalhes sobre os cursos podem ser inseridos e datas modificadas, fique atento.


Em 11/05/2011 - Alteradas as datas de realização e pré-incrição do curso de Surdocegueira.

O MODELO ECOLÓGICO FUNCIONAL NA EDUCAÇÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA MÚLTIPLA
DATA DO CURSO: 13 a 17/06
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 02 a 27/05


ARTE EM EDUCAÇÃO
DATA DO CURSO: 27/06 a 01/07
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 16/05 a 10/06


A CIÊNCIA DA MOTRICIDADE HUMANA COMO FACILITADORA DA LEITURA E ESCRITA DO DEFICIENTE VISUAL
DATA DO CURSO: 04 a 07/07
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 23/05 a 17/06


PRÁTICAS EDUCATIVAS PARA UMA VIDA INDEPENDENTE
DATA DO CURSO: 11 a 15/07
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 30/05 a 24/06


PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO
DATA DO CURSO: 18 a 22/07
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 06/06 a 01/07


ALFABETIZAÇÃO NO SISTEMA BRAILLE
DATA DO CURSO: 25 a 29/07
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 13/06 a 08/07


SURDOCEGUEIRA
DATA DO CURSO: 01 a 05/08
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 20/06 a 15/07


ESTIMULAÇÃO PRECOCE
DATA DO CURSO: 05 a 09/12
DIAS E HORÁRIOS DO CURSO: Diariamente, das 8 às 17 hs
PERÍODO DE PRÉ-INSCRIÇÃO: 17/10 A 18/11








Orientações para pré-inscrição

1. Os documentos obrigatórios, as ementas, o valor da taxa de material e demais informações sobre cada um dos cursos serão disponibilizados no site www.ibc.gov.br antes do início do período de pré-inscrição.

2. Para obter as informações mencionadas no item 1, clique sobre o nome do curso na programação.

3. Somente serão consideradas as pré-inscrições remetidas à Divisão de Capacitação de Recursos Humanos (DCRH) do Instituto Benjamin Constant (IBC) no período de pré-inscrição correspondente ao curso desejado.

4. Observar se atende aos pré-requisitos necessários para fazer o curso desejado e se possui os documentos obrigatórios antes de realizar a pré-inscrição.

5. Fazer o download da ficha de pré-inscrição.

6. Preencher a ficha de pré-inscrição na íntegra e enviá-la, juntamente com os documentos obrigatórios, por meio do Fax (0XX21) 3478-4454 ou do dcrhsec@ibc.gov.br

6.1. Caso o candidato à vaga não preencha a ficha de pré-inscrição integralmente ou não a encaminhe com os documentos obrigatórios, durante o período de pré-inscrição do curso pretendido, a pré-inscrição será desconsiderada.

7. Finalizado o período de pré-inscrição para o curso, a DCRH entrará em contato, preferencialmente por e-mail, com os candidatos, observando o número de vagas disponíveis, para confirmar a seleção e indicar a realização do pagamento da taxa de material.

7.1. Em caso de desistência, solicitamos ao interessado que, no prazo de 7 (sete) dias antes do início do curso, entre em contato com a DCRH, para que possamos chamar o próximo candidato da lista de espera.



Taxa de material

1. Não realizar nenhum pagamento até receber orientações da DCRH.

2. Após a confirmação da seleção, o valor da taxa deverá ser depositado na Conta Corrente 776052-7, agência 0226, Operação 003, da Caixa Econômica Federal, em favor da Caixa Escolar do Instituto Benjamin Constant.

3. O comprovante de depósito deverá ser encaminhado para a DCRH por Fax (0XX21) 3478.4454 ou dcrhsec@ibc.gov.br

4. Após o envio do comprovante a DCRH entrará em contato confirmando a inscrição no curso.

5. Caso o pagamento da taxa não seja realizado no prazo indicado pela DCRH, a pré-inscrição será imediatamente cancelada e a vaga será ocupada por outro candidato, observando-se a lista de espera.



Importante

1. No primeiro dia de aula, o cursista deverá apresentar à DCRH uma foto 3 x 4, para o crachá de identificação.

2. Informamos que os cursos fazem parte de uma programação e que podem sofrer alterações, a critério do IBC.

3. A inscrição será realizada por ordem de chegada da ficha de pré-inscrição, dentro do período indicado. Caso não seja atingida a quantidade mínima de interessados no curso, o período de pré-inscrição poderá ser prorrogado, a critério do IBC.

4. O curso somente será realizado com a confirmação de inscrição de, no mínimo, 50% das vagas.



Frequência e certificação

1. Somente receberá o certificado de conclusão do curso o cursista que obtiver o mínimo de 85% de frequência às aulas.

2. Para os cursos que tiverem avaliação (nota), a frequência mínima obrigatória é de 75%. A nota mínima para aprovação é 7,0 (sete).



Alojamento

1. O IBC oferece 20 vagas, sendo 15 femininas e 5 masculinas, em alojamento coletivo, para cursistas de outros estados ou de municípios do interior do estado do Rio de Janeiro, que serão preenchidas respeitando-se a ordem de chegada das fichas de pré-inscrição.

2. O Alojamento não dispõe de serviços de lavanderia e de alimentação, devendo o cursista responsabilizar-se pelos mesmos, trazendo inclusive roupas de cama e de banho.



Observações:

1. O IBC não disponibiliza alojamento para o Curso de Técnicas de Leitura e Escrita no Sistema Braille.

2. O alojamento está disponível, para os cursistas previamente autorizados, da véspera do início do curso até o dia subsequente à data final do curso.



Outras informações:

1. Os cursos, que não apresentarem indicação de local especifico, ocorrem nas dependências do Instituto Benjamin Constant – Av. Pasteur, 350/368 – Urca /Rio de Janeiro / RJ.

2. O IBC atende a pedidos de realização de cursos em todo o Brasil. Contatos pelo telefone (0XX21) 3478-4461, com a Profª. Ana Lúcia.

3. Contatos da DCRH:
Telefone: (0XX21) 3478-4455
Fax: (0XX21) 3478-4454
E-mail: dcrh@ibc.gov.br

Nova Lei 12.403/2011, por Giovani Ferri*

Nova Lei 12.403/2011, por Giovani Ferri*

Mai 25 |13:39
Após 15 anos de atuação na área criminal estou pensando seriamente em abandonar a área com a nova LEI 12.403/2011 aprovada pelo CONGRESSO NACIONAL e sancionada em 05/05/2011 pela Presidente DILMA ROUSSEF e pelo Ministro da Justiça JOSÉ EDUARDO CARDOZO.
Quem não é da área, fique sabendo que em 60 dias (05/07/2011) a nova lei entra em vigor e a PRISÃO EM FLAGRANTE E PRISÃO PREVENTIVA SOMENTE OCORRERÃO EM CASOS RARÍSSIMOS, aumentando a impunidade no país. Em tese somente vai ficar preso quem cometer HOMICÍDIO QUALIFICADO, ESTUPRO, TRÁFICO DE ENTORPECENTES, LATROCÍNIO, etc.. A nova lei trouxe a exigência de manter a prisão em flagrante ou decretar a prisão preventiva somente em situações excepcionais, prevendo a CONVERSÃO DA PRISÃO EM FLAGRANTE ou SUBSTITUIÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA em 09 tipos de MEDIDAS CAUTELARES praticamente inócuas e sem meios de fiscalização (comparecimento periódico no fórum para justificar suas atividades, proibição de frequentar determinados lugares, afastamento de pessoas, proibição de se ausentar da comarca onde reside, recolhimento domiciliar durante a noite, suspensão de exercício de função pública, arbitramento de fiança, internamento em clínica de tratamento e monitoramento eletrônico).
Para quem não é da área, isso significa que crimes como homicídio simples, roubo a mão armada, lesão corporal gravíssima, uso de armas restritas (fuzil, pistola 9 mm, etc.), desvio de dinheiro público, corrupção passiva, peculato, extorsão, etc., dificilmente admitirão a PRISÃO PREVENTIVA ou a manutenção da PRISÃO EM FLAGRANTE, pois em todos esses casos será cabível a conversão da prisão em uma das nove MEDIDAS CAUTELARES acima previstas. Portanto, nos próximos meses não se assuste se você encontrar na rua o assaltante que entrou armado em sua casa, o ladrão que roubou seu carro, o criminoso que desviou milhões de reais dos cofres públicos, o bandido que estava circulando com uma pistola 9 mm em via pública, etc.
Além disso, a nova lei estendeu a fiança para crimes punidos com até quatro anos de prisão, coisa que não era permitida desde 1940 pelo Código de Processo Penal! Agora, nos crimes de porte de arma de fogo, disparo de arma de fogo, furto simples, receptação, apropriação indébita, homicídio culposo no trânsito, cárcere privado, corrupção de menores, formação de quadrilha, contrabando, armazenamento e transmissão de foto pornográfica de criança, assédio de criança para fins libidinosos, destruição de bem público, comercialização de produto agrotóxico sem origem, emissão de duplicada falsa, e vários outros crimes punidos com até quatro anos de prisão, ninguém permanece preso (só se for reincidente). Em todos esses casos o Delegado irá arbitrar fiança diretamente, sem análise do Promotor e do Juiz. Resultado: o criminoso não passará uma noite na cadeia e sairá livre pagando uma fiança que se inicia em um salário mínimo! Esse pode ser o preço do seu carro furtado e vendido no Paraguai, do seu computador receptado, da morte de um parente no trânsito, do assédio de sua filha, daquele que está transportando uma tonelada de produtos contrabandeados, do cidadão que estava na praça onde seu filho frequenta portando uma arma de fogo, do cidadão que usa um menor de 10 anos para cometer crimes, etc.
Em resumo, salvo em crimes gravíssimos, com a entrada em vigor das novas regras, quase ninguém ficará preso após cometer vários tipos de crimes que afetam diariamente a sociedade. Para que não fique qualquer dúvida sobre o que estou dizendo, vejam a lei.
*Promotor de Justiça de Toledo-PR 

enviado por vanessa