quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Concurso Público para o Magistério Municipal - Professor I Geografia / 2011


Concursos em Andamento


versão para impressão:
Concurso Público para o Magistério Municipal - Professor I Geografia / 2011

PARA CONSULTAR SUA INSCRIÇÃOclique aqui .


EDITAL REGULAMENTADOR DO CONCURSO, publicado no D.O. Rio de 05 de agosto de 2011. 
(edital em formato .pdf, para baixar o programa, clique aqui)


Seção: Concursos em Andamento
versão para impressão:


outras matérias da seção:
próxima matéria Secretaria Municipal de Fazenda - Analista de Planejamento e Orçamento / 2011

Cabral sanciona 5% e antecipação do Nova Escola, mas veta abono, 1/3 de planejamento e enquadramento por formação de funcionários

Cabral sanciona 5% e antecipação do Nova Escola, mas veta abono, 1/3 de planejamento e enquadramento por formação de funcionários


O governador Sergio Cabral sancionou boa parte do Projeto de Lei 677 aprovado dia 11 de agosto pelos deputados estaduais em negociação com o Sepe. O PL agora passa a ser a Lei nº 6.026. Cabral aprovou o reajuste de 5% para os professores (setembro como mês de referência); a antecipação de parcelas da gratificação “Nova Escola” (julho de 2012 para julho de 2011; julho de 2013 para julho de 2012; e julho de 2014 e 2015 para julho de 2013); o reajuste de 14,6% para o animador cultural; e o descongelamento da quase totalidade do Plano de Carreira dos funcionários (lei nº 1.348).


No entanto, ele vetou os parágrafos 1º e 2º do Artigo 1º, que trata do abono dos dias parados. Vetou também os parágrafos 1º e 2º do Artigo 3º - o primeiro parágrafo garante na carga horária do professor 2/3 em sala de aula e 1/3 de planejamento; e o segundo parágrafo garante o enquadramento por formação para o funcionário administrativo, como rege a Lei 1.348 (Plano de Carreira do funcionário da Educação).

O Sepe protesta veementemente contra os vetos do governador, tendo em vista que as emendas reprovadas foram acordadas com o presidente da Alerj, deputado Paulo Melo, com o líder do governo naquela casa, deputado André Correa, e com os próprios secretários de Educação e o de Planejamento, Wilson Risolia e Sergio Ruy, respectivamente.

O Sepe continuará o trabalho de convencimento dos deputados da importância da educação pública de qualidade e para que estes vetos do governador Cabral sejam derrubados pela Alerj – a lei, agora, volta para a Alerj para que os vetos sejam debatidos pelos parlamentares. Afinal, não faz sentido, a nosso ver, que um projeto de lei tão duramente negociado entre os deputados, secretários e o sindicato sofra cortes exatamente nas emendas onde houve acordo entre estas partes.

Em relação à questão jurídica, informamos que a liminar do Sepe que impede o desconto ainda não teve seu mérito discutido pelo Tribunal, o que poderá ocorrer a qualquer momento. Por fim, lembramos que a rede se encontra em "estado de greve", aguardando a total sanção do projeto aprovado em 11 de agosto pela Aerj; o sindicato também convoca os profissionais das escolas que estejam sofrendo retaliações por causa da greve que compareçam ao ato público hoje, às 10h, em frente à Seeduc.

Veja mais:
Prefeito de Niterói falta à audiência com o Sepe que ele mesmo marcou. Assembléia nesta 4ª, às 13h, na Faculdade de Enfermagem da UFF, Veja mais
Vereadores do Rio não votaram hoje PL 1005 e Educação decide estender paralisação até amanhã (31)




A Câmara de Vereadores do Rio não votou hoje (terça-feira, dia 30) o Projeto de Lei nº 1005 do prefeito Eduardo Paes, que tem como objetivo capitalizar o Fundo de Previdência dos servidores (FunPrevi). Está prevista para amanhã (quarta, dia 31) a votação, já que as comissões se reúnem na parte da tarde para tentar aprovar o projeto antes de ir ao plenário para ser votado. Os profissionais de educação das escolas públicas municipais decidiram em assembleia realizada há pouco na Cinelândia, em frente à Câmara, estender até amanhã a paralisação iniciada hoje em protesto contra o projeto, com um ato/assembleia na Cinelândia nesta quarta, a partir das 13h. o Sepe convoca os profissionais de educação a participaram do ato e lotar as galerias da Câmara para acompanhar os debates e pressionar os parlamentares a não aprovarem o PL. 1005.

Para o Movimento Unificado dos Servidores, o projeto é muito ruim, pois tenta eximir a responsabilidade do Tesouro Municipal sobre as aposentadorias e pensões, que ficam sem garantias concretas. Com isso, o PL criaria uma capitalização em bases virtuais, tais como: royalties a partir de 2015, juros dos empréstimos imobiliários a partir de 2017, imóveis que já pertencem ao Previ-Rio, mas que estão com a situação fundiária muito complicada (portanto, sem liquidez imediata). O PL também traz em seu texto uma reforma da previdência dos servidores, retirando direitos históricos.

A Prefeitura não paga a contribuição previdenciária patronal e pelo Projeto de Lei dá um calote de quase R$ 1,5 bilhão no fundo previdenciário dos servidores. O Fundo sofre uma sangria nas suas reservas de R$ 600 mil por dia e o PL 1.005, que na prática já está sendo aplicado pelo governo, agrava a situação, pois o déficit que havia sido projetado pelo governo para todo o ano de 2011, até o mês de junho, conforme informação da Controladoria, já é quase o dobro do projetado para o ano.



Visite nosso site http://www.seperj.org.br/

BOLETIM DA SECRETARIA DE IMPRENSA DO SEPE
SEPE/RJ: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 7º e 8º andar - Centro - Rio de Janeiro. Tel: (21) 2195-0450
imprensa@seperj.org.br
Caso não queira mais fazer parte do nosso mailling, clique aqui

PROFESSOR II - R$ 2708,00 INSCRIÇÕES ABERTAS RJ

Concurso Público para o Magistério Municipal - Professor II / 2011

PARA REALIZAR SUA INSCRIÇÃOclique aqui .

EDITAL DE RETIFICAÇÃO DO REGULAMENTADOR, publicado no D.O. Rio de 22 de agosto de 2011. 
EDITAL REGULAMENTADOR DO CONCURSO, publicado no D.O. Rio de 18 de agosto de 2011. 

fonte: http://concursos.rio.rj.gov.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=778&sid=10 

(edital em formato .pdf, para baixar o programa, clique aqui)


   

I M P U N I D A D E ! V E R G O N H A D E S E R B R A S I L E I R O !

Absolvida pela Câmara, Jaqueline Roriz
ainda enfrenta processo na Justiça

Procurador-geral da República apresentou denúncia contra deputada flagrada em vídeo
Gustavo Gantois, do R7, em Brasília
Jaqueline RorizRodolfo Stuckert/30.08.2011/Agência Câmara
Flagrada recebendo dinheiro do delator do mensalão do DEM, Jaqueline Roriz mantém mandato na Câmara

Publicidade
A Câmara dos Deputados decidiu, na terça-feira (30), manter o mandato da deputada federal Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada em um vídeo recebendo dinheiro do pivô do escândalo do mensalão do DEM. Isso, porém, não interrompe o processo a que a parlamentar responde no STF (Supremo Tribunal Federal). Na última sexta-feira (26), o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, apresentou à Suprema Corte denúncia criminal contra a deputada. O caso será analisado pelo ministro Joaquim Barbosa.
Absolvida por 265 votos dos colegas, Jaqueline Roriz demonstrou tranquilidade durante todo o processo em que esteve ameaçada de cassação. Ao chegar ao Congresso Nacional, na tarde de ontem, não fez questão sequer de alterar a rotina: desembarcou de seu Porsche Cayenne, avaliado em mais de R$ 300 mil, e entrou tranquilamente no prédio por um acesso reservado.

Dentro do plenário da Câmara, também não foi preciso montar qualquer operação para salvar o mandato da deputada federal de primeira viagem, mas que carrega no sobrenome uma das marcas mais tradicionais da política da capital federal.
As rodas de deputados davam como certa, desde cedo, sua absolvição. A possibilidade de Jaqueline Roriz ser cassada por conta do vídeo em que aparece recebendo dinheiro ilícito, em 2006, era como um atestado de que outros parlamentares poderiam enfrentar o Conselho de Ética por possíveis desvios cometidos no passado.
De nada adiantaram os discursos inflamados na tribuna da Câmara contra o que foi classificado como desfaçatez, nas palavras utilizadas pelo relator do caso, o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP).
- O que me norteia não é a vontade de acusar, mas a de defender esse Parlamento. E se um deputado fosse flagrado hoje por ter praticado pedofilia, estuprado ou matado alguém em 2002? Tomando conhecimento agora desse caso, o que essa Casa faria? Diria que o parlamentar pode conviver conosco?
Saída antecipada
Em sua defesa, a deputada frustrou as expectativas e sequer mencionou o vídeo em que foi flagrada com Durval Barbosa, pivô do esquema de corrupção que ficou conhecido como Mensalão do DEM. Preferiu atacar a imprensa e o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, que a denunciou na semana passada ao STF (Supremo Tribunal Federal).
- Lamentavelmente, vivemos um período em que parcela da mídia devora a honra de qualquer pessoa.
Jaqueline estava tão tranquila que deixou o plenário antes mesmo do placar final de seu processo ser anunciado oficialmente. Às 20h, a deputada fora absolvida por 265 votos contra sua cassação.
Os votos a favor de 166 deputados e as 20 abstenções não trouxeram qualquer preocupação. Eram necessários 257 votos para tirar o mandato de Jaqueline, mas a votação foi secreta.
Para o deputado Reguffe (PDT-DF), proporcionalmente o mais votado do país, o espírito corporativista da Câmara prevaleceu e salvou mais um parlamentar envolvido em graves acusações.
- O eleitor tem sempre o direito de saber como seu representante vota. Faço um apelo para que essa regra mude, porque o voto secreto é a matriz da indústria da impunidade.
Justiça
A Procuradoria-Geral da República acusa Jaqueline de peculato por ter atuado para que um servidor público usasse sua função no desvio de recursos em benefício dele e de terceiros.
De acordo com a denúncia, a deputada teria recebido em torno de R$ 100 mil do esquema de pagamento de propina em troca de apoio político ao ex-governador José Roberto Arruda. O caso ainda não tem prazo para ser levado ao plenário do STF.

FONTE:  http://noticias.r7.com/brasil/noticias/absolvida-pela-camara-jaqueline-roriz-ainda-enfrenta-processo-na-justica-20110831.html

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

CONVOCAÇÕES RJ - ESTAMOS DE VOLTA OK...

UM ABRAÇO...

NO AR NOVAMENTE APÓS ALGUNS PROBLEMINHAS TÉCNICOS.

SEJAM BEM BINDOS !!!

IMPORTANTE!!! Para seus alunos!


---------- Mensagem encaminhada ----------
De: segundo turno cultural oficinas para educacao <segundoturnocultural@gmail.com>
Data: 17 de agosto de 2011 11:57
Assunto: Vagas gratuitas para crianças e adolescentes no TEAR
Para:





Por gentileza, ajudem a divulgar...
Temos novas vagas!
 
 
 



--
Coordenação Segundo Turno Cultural



--
Luciana Zule
www.grupomosaicos.com.br
magalona.prod@gmail.com


"Tenho medo do abuso de poder e do poder para abusar." Isabel Allende

quinta-feira, 11 de agosto de 2011


EDITAL CONJUNTO SMA/SMF Nº121, DE 27 DE JUNHO DE 2011.
REGULAMENTA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO NO CARGO DE
ANALISTA DE PLANEJAMENTO E ORÇAMENTO DO QUADRO PERMANENTE
DA SECRETARIA MUNICIPAL DE FAZENDA DO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO.

O SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E A SECRETÁRIA MUNICIPAL DE
FAZENDA, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela legislação em vigor e, em
conformidade com o estabelecido na Resolução SMA nº 1640/2010 e com o constante do
processo 04/520001/2011, tornam público que farão realizar o Concurso Público para
provimento no cargo de Analista de Planejamento e Orçamento do Quadro Permanente de
Pessoal da Secretaria Municipal de Fazenda do Município do Rio de Janeiro.
I- DA QUALIFICAÇÃO EXIGIDA, DAS VAGAS, DA REMUNERAÇÃO, DA CARGA HORÁRIA,
DA TAXA DE INSCRIÇÃO E DAS ATRIBUIÇÕES DO CARGO
1. As vagas, o vencimento, a carga horária semanal e a taxa de inscrição são os estabelecidos
no quadro a seguir:
QUALIFICAÇÃO EXIGIDA
VAGAS VENCIMENTO
BÁSICO
CARGA HORÁRIA
SEMANAL
TAXA DE
*R *PD INSCRIÇÃO
Curso Superior Completo
(Diploma devidamente registrado)
20 2 R$ 1.057,89 40h R$ 60,00
Legenda:
*R = Vagas Regulares
*PD = Vagas para Portadores de Deficiência.
1.1 será acrescido ao vencimento:
· Gratificação de Desempenho Orçamentário (Lei nº 2.456/96 alterada pela Lei
nº 4450/2006) no valor de R$ 3.854,40 (três mil, oitocentos e cinquenta reais e
quarenta centavos).
1.2 as vagas reservadas a portadores de deficiência, caso não preenchidas,
serão revertidas para o quadro de vagas regulares.
DAS INSCRIÇÕES
1- As inscrições serão recebidas das 10h do dia 05/07/2011 até às 23h59min do dia
18/07/2011, horário de Brasília - incluindo sábados, domingos e feriados - somente via
Internet, através de requerimento específico disponível no site
http://concursos.rio.rj.gov.br.

CONCURSO RJ PROFESSOR SME GEOGRAFIA RJ

EDITAL SMA Nº 133, DE 04 DE AGOSTO DE 2011.
REGULAMENTA O CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO NO CARGO DE
PROFESSOR I – GEOGRAFIA DO QUADRO PERMANENTE DE PESSOAL DO MUNICÍPIO
DO RIO DE JANEIRO, NO ÂMBITO DA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO.

O Secretário Municipal de Administração, no uso das atribuições que lhes são conferidas pela
legislação em vigor, e tendo em vista o processo 07/000187/2011 e, em conformidade com o
disposto na Resolução SMA Nº 1640, de 28 de dezembro de 2010, torna público que fará
realizar o Concurso Público para provimento de cargos de Professor I – Geografia do
Quadro Permanente de Pessoal do Município do Rio de Janeiro, no âmbito da Secretaria
Municipal de Educação.
I. DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES
1. DO CONCURSO
O Concurso destina-se à seleção de candidatos para o preenchimento de vagas no cargo
efetivo de Professor I - Geografia, no âmbito da Secretaria Municipal de Educação.
2- DA REMUNERAÇÃO, DA CARGA HORÁRIA, DA QUALIFICAÇÃO EXIGIDA, DAS VAGAS E DAS
ATRIBUIÇÕES DO CARGO
CARGO VENCIMENTO
CARGA
HORÁRIA
SEMANAL
TAXA DE
INSCRIÇÃO
QUALIFICAÇÃO MÍNIMA
EXIGIDA
Professor I – Geografia R$ 3.426,04 40h R$70,00
Licenciatura Plena, com
habilitação na disciplina a
que concorre, apostilada
no diploma
2.1 será acrescido ao vencimento:
 bônus cultura (Lei nº 3438/2002) R$ 109,25
 auxílio-transporte (Decreto nº 17.110/98) R$ 110,00

As inscrições serão recebidas das 10h do dia 18/08/2011 até às 23h59min do dia
29/08/2011, horário de Brasília - incluindo sábados, domingos e feriados - somente via
Internet, através de requerimento específico disponível no site
http://concursos.rio.rj.gov.br:

Itaguaí abre 2.083 vagas. Todos os níveis de escolaridade 11/08/2001

Prefeitura de Itaguaí
Itaguaí abre 2.083 vagas. Todos os níveis de escolaridade 11/08/2001
A Prefeitura de Itaguaí, na Baixada Fluminense, abriu concurso que visa ao preenchimento de
2.083 vagas imediatas em cargos dos níveis fundamental, médio, técnico e superior. Os
vencimentos de R$545 a R$2.946,61. Sob a organização do Cepuerj, as inscrições para entrar
nessa disputa terão início na próxima segunda-feira, 15, se estendendo até as 21h do dia 24
deste mês.
São 830 vagas em cargos do nível fundamental (368 para quem tem ecolaridade completa 462
incompleto), 666 nos níveis médio e médio/técnico e 587 no superior. Há oportunidades em
diversas áreas, como Saúde e Educação. A contratação é feita pelo regime estatutário, que
assegura estabilidade no emprego.
Os interessados em participar devem sem inscrever pelo site do organizador. Caso não tenham
acesso à internet, é possível utilizar, das 10h às 17h, de segunda a sexta (dias úteis), os
computadores disponíveis na sede do Cepuerj, que fica na Uerj (Maracanã), ou Teatro Municipal
de Itaguaí.
Feito o cadastro, é necessário imprimir o boleto bancário e efetuar o pagamento da taxa, cujos
valores variam de acordo com a escolaridade: R$35 (nível fundamental), R$50 (médio) e R$75
(superior). Quem deseja solicitar a isenção de taxa tem somente até as 19h da quarta-feira, dia
17, para fazer o pedido. É necessário enviar a documentação comprobatória, exigida em edital,
até o último dia.
Somente será concedida a isenção total ou parcial do valor da taxa de inscrição, para aqueles
candidatos que comprovarem hipossuficiência de recursos financeiros, comprovarem renda bruta
familiar mensal de até dois salários mínimos ou possuam cadastro no CadÚnico, conforme
Decreto 6.135/07.
As provas objetivas, que terão 40 ou 50 questões, serão aplicadas em dois dias, sendo 24 de
setembro para os níveis fundamental e superior e dia seguinte (25) para os cargos de nível
médio. O restante da seleção será feito por meio de avaliações de títulos, práticas, de redação
e de capacidade física, dependendo do cargo. A validade do concurso é dois anos, podendo
dobrar.

CONVOCAÇÕES SME RJ

Concursos/Convocações  
Destaques
Educação Infantil
Escolas/Creches
Números
Projetos e programas
SME on line
 
Editais
 

Acesse, nos links abaixo, os Editais de Convocação:
Edital nº 08 de 09/02/2010 - Professor I de História Edital n°08 - Professor I de História
Edital de 10/02/2010 - Professor I de Geografia Edital de 10/02/2010 - Professor I de Geografia
Edital nº 07 de 09/02/2010 - Professor I de Geografia Edital n°07 - Professor I de Geografia
Edital nº 06 de 09/02/2010 - Professor I de Ciências Edital n°06 de Ciências
Edital nº 05 de 09/02/2010 - Professor I de Língua Portuguesa
Edital de 11/02/2010 - Professor I de Matemática Edital de 11/02/2010 Professor I de Matemática
Edital nº 04 de 09/02/2010 - Professor I de Matemática Edita n°04 - Professor I Matemática
Edital nº 03 de 09/02/2010 - Professor II Edital n°03 - Professor II
Edital nº 02 de 09/02/2010 - Agente Auxiliar de Creche Edital n°02 - Agente Auxiliar de Creche

Edital nº 33 de 25/09/09 - Professor I de Geografia Edital N° 33 Professor I Geografia
Edital nº 32 de 05/10/09 - Professor I de Matemática Edital n° 32 Professor I Matemática
Edital nº 29 de 18/09/09 - Agente Auxiliar de Creche Edital n° 29 Agente Auxiliar de Creche
Edital nº 28 de 18/09/09 - Professor II Edital n°28 Professor II
Edital nº 25 de 10/09/09 - Professor I de Geografia Edital n°25 Professor I de Geografia
Edital nº 24 de 10/09/09 - Professor I de História Edital n°24 Professor I de História
Edital nº 23 de 10/09/09 - Professor I de Ciências Edital n°23 Professor I de Ciências
Edital nº 22 de 10/09/09 - Professor I de Língua Portuguesa Edital n°22 Professor I de Língua Portuguesa

Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de Ciências (grupo 1)
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de Ciências (grupo 2)
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de Geografia
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de História
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de Língua Portuguesa
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor I de Matemática
Edital nº 06 de 27/02/09 - Professor II
Edital nº 15 de 05/06/2009 - Agente Auxiliar de Creche
Edital nº 44 de 22/12/08 - Professor I de Matemática
Edital nº 43 de 22/12/08 - Professor I de Língua Portuguesa
Edital nº 42 de 22/12/08 - Professor I de História