segunda-feira, 22 de outubro de 2012

CONCURSO MAGISTÉRIO FINAL 2012


A Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME-Rio) divulgou os editais dos concursos para professor de Português e de História. A oferta inicial é de 200 vagas, sendo 100 para cada uma das disciplinas. A remuneração inicial é de R$4.097,05 mensais, sendo R$3.597,34 de salário-base, R$121 de auxílio-transporte e R$114,71 de bônus cultura e R$264 de benefício-alimentação (R$12 para 22 dias de trabalho), para carga de 40h semanais. Para concorrer é necessário ter licenciatura plena específica.

As inscrições serão aceitas das 10h de 30 de outubro até R$23h59 de 12 de novembro, pelo site da Prefeitura do Rio de Janeiro. Após fazer o cadastramento, o candidato deverá imprimir o documento de arrecadação de receitas municipais (Darm), para efetuar o pagamento da taxa, de R$70, em um dos banco conveniados até as 16h do dia 13 de novembro. O prazo de validade é de dois anos, prorrogável por igual período. A contratação ocorrerá pelo regime estatutário (garantia de estabilidade). O candidato que for solicitar isenção deve fazer o pedido do dia 30 de outubro até o dia 1° de novembro, pelo site da Prefeitura do Rio de Janeiro. Após ter feito o requerimento, será necessário comparecer em um dos postos de atendimento portando a documentação especificada no item 2.2 do capítulo VI do edital.

Além disso, o concurso irá reservar 20% das vagas para negros e índios (40), conforme a lei de cotas sancionada pelo prefeito Eduardo Paes. Será considerado negro ou índio o candidato que assim se declare no momento da inscrição. Há ainda outras 20 vagas para portadores de deficiência. Para concorrer a uma das vagas será necessário ter a ficha limpa. A medida atende ao estabelecido pelo Decreto nº 35.610, de 15 de maio de 2012, que impede candidatos condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, de realizar qualquer concurso público na cidade do Rio de Janeiro durante o prazo de sua condenação e oito anos depois do cumprimento da pena.

Saiba como serão as provas

Os candidatos aos cargos de professor de História e Língua Portuguesa da Prefeitura do Rio de Janeiro serão avaliados por meio de provas objetiva, discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, além de análise de títulos, apenas classificatória. A última etapa será o curso de formação básica. As datas ainda serão informadas pela Secretaria Municipal de Administração (SMA), organizadora da seleção. O exame de múltipla escolha do concurso para professor de História, que valerá 100 pontos, será composto por 15 questões de Português, cinco de Fundamentos Teórico-Metodológicos e Político-Filosóficos da Educação e 20 de Conteúdo Específico. Já para docente de Português contará com dez questões de Fundamentos Teórico-Metodológicos e Político-Filosóficos da Educação e 40 de Conteúdo Específico, também valendo 100 pontos. Será considerado aprovado o candidato que obtiver a pontuação mínima de 20% por disciplina e 60% de pontos no total da prova.

A prova discursiva contará com duas questões, devendo o candidato optar por apenas uma delas. Ela valerá 40 pontos e será aprovado o candidato que obtiver no mínimo 20. Os habilitados nessa etapa serão sumetidos a uma avaliação de títulos (classificatória), valendo 30 pontos. A última etapa é o curso de formação básica, de caráter eliminatório, que será constituído de aulas teóricas, atividades prática docente e de prova prática de aula. Somente serão convocados os 12 primeiros classificados em cada Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Será aprovado o candidato que obtiver no mínimo 90% de frequência e no mínimo 60 pontos na prova prática de aula.
 
Novos Concursos

A Secretaria Municipal de Educação informou que até o fim do ano está prevista a divulgação do edital do concurso para Professor I de Educação Artística, com 120 vagas. Além disso, também deve ser divulgado o do concurso de Professor II para a 10ª Coordenadoria Regional de Educação, com 50 vagas.

Para concorrer ao cargo de professor II, é necessário possuir nível médio, na modalidade Normal, além de curso Normal superior ou licenciatura plena em Pedagogia. A remuneração é de R$2.933,01, sendo
R$2.698,01 de salário, acrescido de bônus-cultura de R$114 e R$121 de auxílio-transporte. Já para o  cargo de professor de Educação Artística é necessário ter licenciatura plena específica. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário